quinta-feira, julho 06, 2006

Planejamento do Trabalho Final

1-Título – Leitura de imagens.


2- Identificação – Mª Lucia (professora da sala informatizada), Endereço da escola: Rua Agulhas Negras – emjoaooliveira@netvision.com.br.


3- Parcerias – Realizarei este projeto com o apoio da professora Paullet, professora Juliane Pereira, Maria Isabel (auxiliar de direção) e com a turma de alunos da 1ª série.


4- Justificativa - Vivemos em um mundo que privilegia a imagem; os recursos visuais utilizados pela mídia têm muita importância no dia-a-dia das pessoas e muitas vezes a escola não tem ensinado os alunos a exercerem esse tipo de leitura. Para Silva (1986, p.46), “saber ler e executar esse ato, crítica e freqüentemente é, em última instância, possuir mais elementos para pensar sobre a realidade e sobre as nossas condições de vida”. Exercitar a leitura de imagens faz com que a leitura de mundo aumente, pela associação verbal/ visual quanto à multiplicidade de sentidos. Quando lemos as imagens, temos o privilégio de dar significado às imagens da nossa própria leitura de mundo. Por isso, podemos dizer que o mundo está cada vez mais visual. São imagens que aparecem e desaparecem, que vão ou que ficam. Todas deixam em cada um de nós uma mensagem, um significado. Estamos imersos em uma cultura visual que precisa ser percebida e analisada pelos alunos. Por isso, ela deve ser levada para a sala de aula, para que o aluno perceba a multiplicidade de linguagens.

A leitura de imagens é um recurso bem presente hoje e pode resultar em um excelente trabalho em sala. Pretende-se desenvolver a compreensão e a interpretação de imagens e de propagandas, será trabalhado com as habilidades de leitura, de escrita e oralidade.

Este projeto tem como eixo central a imagem/ propaganda, uma vez que elas se fazem presentes na nossa vida por meio de inúmeros meios de comunicação. Tem por finalidade instigar o aluno a fazer bom uso da informação que a propaganda traz e, ao mesmo tempo, adquirir competência para lidar de forma cada vez mais crítica com esse tipo de linguagem, verificando o grau de persuasão existente nas propagandas.



5- Objetivos


Objetivo Geral: Desenvolver com os alunos do Ensino Fundamental a percepção da imagem como conteúdo significante, motivando-os para a produção e gravação.




Objetivos Específicos:


- Atribuir sentidos às imagens;
- Analisar as imagens de revistas e propagandas de televisão;
- Criar uma propaganda televisiva;
- Produzir textos, resultantes de leitura de imagens;
- Assistir as propagandas criadas pelos grupos com olhar crítico.



6- Descrição das atividades

Na primeira aula será exposto o tema do projeto, será falado sobre o vídeo e para melhor entendimento dos alunos, será feita uma leitura de imagem.
Para as segunda e terceira aulas serão selecionadas previamente, imagens de revistas e propagandas televisivas, para análise oral e em grupos, verificando o grau de persuasão das propagandas bem como os itens necessários para uma propaganda. Itens necessários para a produção de uma propaganda:
Slogan – frase curta, chamativa, que destaca as qualidades do produto ou do evento.
Texto – é feito para convencer o leitor ou espectador da importância do produto, ou do evento.
Ilustração – foto, desenho ou gravura que acompanha o texto e realça o produto ou o evento.
Nas duas aulas subseqüentes os alunos farão uma dinâmica de criação: em grupos de 6 alunos, criarão uma propaganda com imagens.
Nas sexta e sétima aulas os alunos irão produzir um texto para a gravação sobre a propaganda criada.
Nas oitava e nona aulas, os alunos irão ensaiar a propaganda criada para a gravação.
Na décima serão apresentadas e gravadas as propagandas e posteriormente será feita a discussão sobre o vídeo.


7- Cronograma

PERÍODO ATIVIDADES
12 a 14/06 Informações sobre vídeo e como vai ser feita a atividade
19 a 30/ 06 Análise de propagandas de revistas respondendo o roteiro de perguntas, verificando os itens que devem ter uma propaganda
01 a 14/07 Discussão da ordem das apresentações e desenvolvimento do trabalho
04 a 11/08 Apresentação dos trabalhos e gravação das propagandas
14 a 18/08 Visualização das propagandas e análise oral dos alunos sobre as imagens









8- Avaliação


Os alunos serão avaliados quanto ao desenvolvimento do trabalho, criatividade, oralidade e a escrita.


Para avaliar este conteúdo serão utilizados os seguintes critérios objetivos:
- os alunos identificam os itens necessários numa propaganda, descrevendo-os;
- apresentação do conceito de propaganda oralmente;
- diferencia os tipos de propaganda, com exposição oral.
- identificação dos itens necessários para a produção de uma propaganda;
- apresentação em grupo da propaganda e dos seus componentes.
Também serão utilizados os seguintes critérios subjetivos:
- envolvimento com o conteúdo através de exemplos cotidianos;
- compreensão da diferença entre propaganda de televisão, de rádio e escrita;
- demonstra segurança ao falar sobre as propagandas de televisão;
- é capaz de falar sobre uma imagem do cotidiano;
- é capaz de fazer relação entre as propagandas e o contexto em que vive.
- coopera com o grupo na elaboração da propaganda;
- é capaz de dialogar e decidir que produto escolher para produzir uma propaganda;
- compreende e demonstra interesse na produção da propaganda;
- é capaz de envolver-se na apresentação da propaganda;
- faz relação e comparação entre as propagandas criadas.





REFERÊNCIA


SILVA, Ezequiel T. da. Leitura e Realidade Brasileira. 2. ed. - Porto Alegre: Mercado Aberto, 1986.

sexta-feira, junho 23, 2006

RECURSOS AUDIOVISUAIS

Os recurso de audiovisuais podem colaborar no desenvolvimento cognitivo, social e emocional dos alunos, pois lhe estimulará na pesquisa e o adaptará a realidade atual e a globalização. Tornando-os mais participativos e dinâmicos no processo ensino aprendizagem. Na utilização desses recursos a sala de aula será um canal de comunicação onde poderá interagir: aluno X professor e aluno X mundo. Oportunizando os professores a ter nas mãos soluções no momento exato da aula ou surgimento de dúvidas

segunda-feira, maio 29, 2006

- A IMAGEM VIDEOGRÁFICA A SERVIÇO DA EDUCAÇÀO

Conforme o estudo elaborado por Costa (2005), fica demonstrado que 56% dos entrevistados assistem programas informativos como telejornais e documentários são líderes de audiência. Acredito que esses números sejam verdadeiros, pois muitas pessoas gostam de assistir estes programas. Todos querem saber o que acontece no Brasil e no mundo. Ficar por dentro das notícias, já se tornou necessidade para muitos. Acredito também que esses programas selecionam o querem passar. Incutindo ou ausentando informações que queiram. Um dos exemplos disso foi o atentado do World Trade Center. Um atentado contra vida, a liberdade e a democracia. Pessoas do mundo inteiro se sensibilizaram com as cenas chocantes e o sofrimento das pessoas que morreram lá.

Mas o engraçado é que ninguém se assusta com o que acontece com os países pobres. No mundo inteiro, todos os dias morrem milhares, talvez dezenas de milhares de pessoas de fome e doença. Pessoas que nunca tiveram um dia tranqüilo na vida.Pessoas para quem a vida foi à sobrevivência, mas ninguém se incomoda. País que foram explorados pelos Estados Unidos, hoje tem pessoas que morrem de fome, mas ninguém se incomoda. E os noticiários nem comentam tal situação e deixam a população alienada.
Acredito que a televisão atenda o seu próprio interesse, ser líder de audiência, não dando muita importância a determinados valores, que são primordiais para o ser humano. A televisão não deveria ocultar fatos, deveria estar voltada para ajudar e esclarecer. Deveria ser solidários de verdade com o mundo, mostrar mais a necessidade dos países pobres. Ter mais programas educativos, promovendo a educação e a cultura. Ensinar nos princípios de Deus. Mas infelizmente isso não dá “IBOPE” (minha opinião).
A televisão na prática pedagógica deveria ser sempre em realizar um parâmetro reflexivo sobre determinadas situações. O professor pode continuar com textos escritos, mas aproveitando o interesse dos alunos. Ficar indagando com os alunos sobre o que passou em determinado programa, o que tem de verdadeiro, se é assim que devemos agir em determinada situação, procurar ter sempre um debate em grande grupo, colocando os prós e os contras. Já que a televisão faz parte do nosso dia a dia, precisamos aproveitá-la para tornar nossos alunos mais críticos e não se deixar enganar.

Quadro de análise com os 10 programas da TV Aberta e classificação de programas

Educativo com finalidade explicita de educar
Globo Rural
TV escola

Educativo sem finalidade explícita de educar
Jornal Nacional
Globo Repórter
Jô Soares
Fantástico


Não educativo
Faustão
Domingo Legal
Big Brother

Deseducativo
Novelas

sexta-feira, maio 26, 2006

VENDO E COMPARANDO PROGRAMAS TELEVISIVOS

As principais diferenças estão no horário, na apresentação geral destes programas, no que se refere à decoração, o figurino, as músicas, as atrações, os assuntos debatidos e convidados. Estes fatores são que realmente definirão o seu público alvo, pois o horário não é determinante, o que determina o público que o programa atinge vem de sua construção e suas atrações. A câmera, as luzes também variam conforme a programação. Muitas músicas de programas infantis são inadequadas para idade. Exemplo disso são músicas Funk, nos mesmos. As crianças precisam ouvir música de criança, não se pode ultrapassar etapas de sua vida ou incutir malicias. Muitas vezes as mesmas cantam músicas indecentes, sem saber o que estão cantando, por serem incentivadas para isso. Precisamos ter muita cautela e analisar bem os programas que assistem. Sendo este estilo musical totalmente inadequado para crianças (minha opinião).

sexta-feira, maio 19, 2006

A TV E O VÍDEO NO PROCESSO EDUCATIVO


A televisão e o vídeo são de grande importância no processo educativo, pois se pode trabalhar muito com o universo sensorial e afetivo. Infelizmente as escolas ainda estão trabalhando com profundidade. As escolas estão apenas fazendo adaptações às pequenas mudanças, muitas de maneira monótonas e sem buscar o interesse dos alunos. Trabalhar com a utilização da tecnologia é um desafio para todos, se faz necessário mais comprometimento e interação de todos da escola, para influenciarmos nossos de alunos de forma abrangente.

segunda-feira, maio 15, 2006

"A TECNOLOGIA NO COTIDIANO"

Na sociedade existem diversas formas de tecnologia. Em nossas casas podemos ver diversas delas. Exemplos aparelhos eletrônicos, móveis, até mesmo na construção.
Todos sabem da importância que a tecnologia tem no nosso dia a dia. Que não podemos mais ignorar, resistir ou omitir sua existência, pois está em todos os lugares. Existe uma constante cobrança da sociedade para que as pessoas se atualizem e caminhem conforme seus avanços.
Fazendo comparação do uso da televisão em casa e na escola, podemos observar que em casa o uso da TV está vinculado ao lazer e entretenimento. Na escola existe uma preocupação no processo ensino aprendizagem. A televisão deve ser de forma abrangente, para facilitar e incentivar a maneira de ensinar e aprender. Apesar de ter alguns profissionais que não utilizam com esta finalidade (é uma realidade, não podemos negar).
A televisão não pode sozinha responder pela educação do homem, pois trabalha a parte sensorial, visual e emocional, mas muitas coisas não captamos conscientemente. Precisamos ter o habito de interpretação, de saber criticar, de observação para não nos deixar enganar com facilidade. É importante realizarmos uma seleção dos programas úteis para nós, pois se não a televisão incute formas erronias para nossa vida, na educação dos nossos filhos. Nos fazendo acreditar que o certo, não é mais certo. Mudando nossa maneira de pensar e agir. Precisamos ficar atentos, principalmente quando estamos criando filhos.
Trabalho na sala informatizada e não estou utilizando o recurso da TV e do vídeo. Mas, no entanto muitas vezes damos continuidade de trabalhos que começam na sala de aula e complementam na minha sala (ou vice-versa). Penso que para utilização da mesma precisa ter um objetivo, necessita ser algo construtivo, que possa incentivar nossos alunos a interagir, despertando o interesse, a participação e buscando formas de as escolas se tornarem mais atraentes. Que o aluno fique inserido na parte educacional como um todo.

quarta-feira, maio 03, 2006

Bem vindo ao meu blog by Maria Lucia

Sejam bem vindos!!!
Sintam-se a vontade no meu blog.
Desejo a vocês boa sorte no curso e estejam se esforçando pra fazer sempre o melhor!!!!!!!
"Sabedoria é saber o que fazer
virtude é fazer."
David Starr Jordan
"O único homem que não erra
é aquele que nunca fez nada."
Franklin Delano Roosevelt
"Longo é o caminho ensinado pela teoria,
curto e eficaz, o do exemplo."
Sêneca